regina@cryptoid.com.br

Estamos em novo endereço. Encontre-nos lá!

Faça parte desse projeto você também!

Conteúdo

O objetivo desse Blog é apresentar essa fantástica e importante tecnologia, de forma simples, para que pessoas que não dominam aspectos técnicos também possam acompanhar a evolução da adoção da Certificação Digital e o universo que gira ao seu redor:

Certificado Digital para Assinatura e Sigilo, Certificado de Atributo, Carimbo do Tempo, Documentos Eletrônicos, Processos Eletrônicos, Nota Fical Eletrônica, TV Digital, Smart Card, Token, Assinador de Documento, Gerenciador de Identidades etc..

Este Blog publica matérias e artigos extraídos da mídia que expressam a opinião dos respectivos autores e artigos escritos por mim que expressam, exclusivamente, minha opinião pessoal sem vínculo a nenhuma organização.

Matérias organizadas por data de publicação

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

DIGITALSIGN É A NOVA AC DE 1° NÍVEL DA ICP-BRASIL




Em cerimônia realizada na manhã desta quarta-feira, 18 de setembro, o grupo DigitalSign tornou-se Autoridade Certificadora – AC de 1° nível da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil. 

Formada por DigitalSign Portugal, AET Europe e Thomas Greg & Sons, a empresa havia iniciado seu processo de credenciamento em dezembro de 2012. Para o diretor de Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI, Maurício Coelho, importa destacar o feito por duas razões.

“Instaurou-se a 12ª AC de 1° nível da ICP-Brasil, fato que por si mesmo deve ser celebrado como um marco de nosso Sistema Nacional de Certificação Digital. Ainda assim, é importante reconhecer que a DigitalSign passa a integrar não apenas a ICP-Brasil como também um seleto grupo de entidades responsáveis por ajudar o País a massificar essa tecnologia”, salientou.

Ainda em 2012, representantes da DigitalSign haviam declarado que o intuito do grupo é a implementação da certificação digital ICP-Brasil em smartphones e tablets para, assim, avançar em um nicho de mercado bastante promissor e que ainda oferece poucas opções no Brasil.

Fonte ITI