regina@cryptoid.com.br

Estamos em novo endereço. Encontre-nos lá!

Faça parte desse projeto você também!

Conteúdo

O objetivo desse Blog é apresentar essa fantástica e importante tecnologia, de forma simples, para que pessoas que não dominam aspectos técnicos também possam acompanhar a evolução da adoção da Certificação Digital e o universo que gira ao seu redor:

Certificado Digital para Assinatura e Sigilo, Certificado de Atributo, Carimbo do Tempo, Documentos Eletrônicos, Processos Eletrônicos, Nota Fical Eletrônica, TV Digital, Smart Card, Token, Assinador de Documento, Gerenciador de Identidades etc..

Este Blog publica matérias e artigos extraídos da mídia que expressam a opinião dos respectivos autores e artigos escritos por mim que expressam, exclusivamente, minha opinião pessoal sem vínculo a nenhuma organização.

Matérias organizadas por data de publicação

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Febraban utilizará certificação digital na compensação de cheques

Na última terça-feira (19.07), a rede bancária de todo país adotou o sistema de compensação digital por imagem, que consiste em agilizar e padronizar o prazo de compensação dos cheques. 


Agora, cheques de até R$ 299,99 serão compensados em dois dias e os acima desse valor, em um dia.

O próximo passo será agregar o uso da certificação digital nas funcionalidades do sistema.

Walter Tadeu de Faria
Para a Federação Brasileira de Bancos – Febraban, a partir de 2012 toda a tramitação dos dados será realizada com o uso da certificação digital padrão ICP-Brasil. O diretor adjunto de Serviços da Febraban, Walter Tadeu de Faria, explica que cada banco optou por uma modalidade.

Há os que fazem a compensação na própria agência, utilizando scanners. Outras instituições, por sua vez, utilizam centralizadoras regionais dos bancos.

“Em 2012, quando estivermos usando a certificação digital, completaremos a fase de implantação do novo sistema que agregará segurança, credibilidade e maior eficiência na compensação de cheques”, destaca.

Outras vantagens do novo sistema são a economia e a segurança que a digitalização proporcionará aos bancos. “Já é possível constatar uma melhora nas rotinas diárias de compensação.

Os cheques não serão mais transportados, o que inibirá roubos e fraudes. A estimativa é que cada banco economize R$ 100 milhões por ano”, avalia o diretor.

Fonte: ITI